sexta-feira, 12 de agosto de 2016

THE BEATLES - SUN KING - 2016

Assim como "Being For The Benefit Of Mr Kite!", a opinião de John sobre "Sun King" mudaria com o passar dos anos, mas, como quase sempre, de boa para ruim. Em 1971, ele se referiu a ela como algo que tinha surgido para ele em um sonho, deixando implícito que se tratava de uma grande inspiração. Em 1980, ele a reavaliou como mais um "lixo".

A ideia da música surgiu para John Lennon após a leitura de uma biografia sobre o Rei-Sol (Sun-King) Luís XIV da França, que reinou de 1643 a 1715 escrita por Nancy Mitford , e pode ter sido com ele que John sonhou, um sonho em que o rei entrava em seu palácio e encontrava todos os seus convidados rindo felizes.. A letra é simples e pequena e inicia com os mesmos dizeres de Here Comes the Sun de George Harrison, "Here Comes the Sun.....". Inclusive o nome inicial da canção era "Here Comes the Sun King" trocada em seguida para "Sun King" para não haver confusão. O trecho final da letra mistura palavras em inglês, espanhol, italiano, e algumas inventadas por John, formando frases sem nenhum sentido — "paparazzi", "abrigado", "para-sol", "mi amore". Mais uma vez, como em Because, os três, John, Paul e George, cantam em uníssono, formando um coro de três vozes. John Lennon canta e toca guitarra. George Harrison canta e toca guitarra, Paul McCartney canta e toca baixo e Ringo Starr toca bateria.
Como outras faixas de Abbey Road, “Sun King” apresenta uma exuberante e multi-controlada harmonia vocal, cantada por Lennon, Paul McCartney e George Harrison. A música lentamente se desvanece em sons do pântano no final de "You Never Give Me Your Money". No final da canção, a música pára abrubtamente e um preenchimento de tambor por Ringo Starr leva para faixa seguinte, "Mean Mr. Mustard". A linha de guitarra principal move-se lentamente da direita para o canal esquerdo e depois volta. Isto ocorre no início da faixa, e no fim. Em uma entrevista em 1987, Harrison disse que a gravação foi inspirada pela canção "albatross" da banda Fleetwood Mac.

Gnik Nus é a musica Sun King em reverse (ao contrário) e à capela num interessante e criativo arranjo e produção de Giles Martin (filho de George Martin) para a trilha sonora do espetáculo LOVE. Aqui, a gente confere “Albatross”, a faixa instrumental lançada pelo Fleetwood Mac em 1969 no disco English Rose, que teria inspirado Sun King.

4 comentários:

Marcelennon disse...

O medley do lado B de Abbey Road é impressionante... Numa crescente, que me faz lembrar de Stairway to Heaven (por causa da maneira como a música se desenvolve), que começa acústica e depois explode, as canções vão se entrelaçando até chegar num clímax sonoro em She Came In Through The Bathroom Window, com um solo de guitarra matador. Acaba aí? Não! Quando finaliza, entra aquela que, para mim, é o grande ponto alto do disco: Golden Slumbers. Disco mitológico! Para ouvir a vida toda, e com um sorrisão escancarado no rosto.

Edu disse...

OK.

João Carlos disse...

A música em si não tem nada com Albatross,todavia a parte introdutória tem os mesmos acordes (E e F#m). A melodia de Sun King é em dó (C).

Valdir Junior disse...

"Sun King" é linda demais. Todo lado B do Abbey Road merecia ser lançado um disco só com out-takes e ensaios e etc.