quinta-feira, 31 de maio de 2018

THE BEATLES - RAIN - SENSACIONAL!*****


Assim como I'm Only Sleeping em Revolver, Rain mostra os Beatles explorando os sentimentos de descolamento do pelo LSD e a crença de que a consciência aumentada pode ser encontrada dentro do eu. Os Beatles gravaram Rain durante duas sessões em 14 de abril de 1966, no mesmo dia em que Paul McCartney gravou sua parte de baixo para Paperback Writer. O grupo gravou a música em ritmo acelerado, para que, na edição, fosse propositadamente desacelerado. Eles terminaram a música em 16 de abril, adicionando overdubs incluindo pandeiro, baixo e vocais extras. É provável que os vocais para trás tenham sido adicionados neste dia, quando eles também realizaram as mixagens mono que apareceram no single com Paperback Writer.
Em uma primeira leitura, a letra de "Rain" parece fazer referência as pessoas que reclamam do clima. Mas, em uma análise mais profunda, propõe a libertação dos valores morais pré-estabelecidos. Além disso, sugere um estado de consciência alterado, não somente pelos seus versos, mas também pelos vocais arrastados e nos instrumentos tocados de forma mais lenta, porém pesados.

O último verso de "Rain" inclui um trecho tocado ao contrário, tendo sido um dos primeiros usos dessa técnica em um disco. George Martin disse que a ideia foi dele: “Eu sempre estava experimentando com as fitas e pensei que seria interessante fazer algo extra com a voz de John.Então levantei um pouco do seu vocal no canal principal, coloquei-o em outro carretel, virei-o e deslizei-o para frente e para trás até que ele se encaixasse. John estava fora no momento, quando voltou ele ficou surpreso e contente”. Só que John Lennon disse que não: "Após a sessão de gravação - que terminou às quatro ou cinco da manhã - eu levei a fita para casa para ver o que mais eu poderia fazer. E eu estava meio cansado, não sabendo bem o que estava fazendo, e coloquei no gravador de forma incorreta, tocando-a ao contrário. E gostei. Foi o que aconteceu". Seja como for, Rain acabou se tornando uma das preferidas dos integrantes da banda e também dos fãs. Ringo Starr considera a música seu melhor desempenho com os Beatles e Paul McCartney declarou várias vezes que é uma das suas preferidas.

Nenhum comentário: