sexta-feira, 19 de agosto de 2016

PAUL McCARTNEY - NOVO DISCO E "NOVA" GRAVADORA


O ex-Beatle Paul McCartney está de volta ao estúdio para gravar um novo álbum, disse sua nova editora, Capitol Records, ao anunciar um contrato global com o músico britânico. McCartney, de 74 anos, classificou o novo contrato, que abrange toda a sua música pós-Beatles, "genuinamente entusiasmante". A editora discográfica indicou que o ícone da música, que continua a ser um dos artistas do mundo que mais público atraem, está "atualmente trabalhando em um novo álbum de estúdio", sem adiantar mais pormenores. "A associação de Paul McCartney com a Capitol definiu durante muito tempo tanto do nosso legado histórico, e todos nós estamos extremamente orgulhosos e honrados por ele ter decidido regressar a casa", disse o presidente do grupo Capitol Music, Steve Barnett. "Estamos radiantes por o Paul criar novas músicas durante muitos anos e por a Capitol poder apresentá-las ao mundo", acrescentou. A Capitol, que faz parte do grupo Universal Music, disse que está fazendo planos sobre como gerir o anterior catálogo de McCartney e que os colocará em prática a partir do próximo ano. McCartney, que tem mantido uma preenchida agenda de turnês nos últimos anos, disse à revista Rolling Stone, numa entrevista publicada na semana passada, que poderá em breve precisar pisar no freio. Quando lhe perguntaram se conseguia imaginar-se fazendo concertos da mesma maneira aos 80 anos, McCartney respondeu: "Inimaginável - e improvável". A sua mais recente excursão mundial termina em outubro na Califórnia, no festival Desert Trip, que contará igualmente com concertos dos Rolling Stones, Bob Dylan, The Who, Neil Young e Roger Waters.

6 comentários:

Edu disse...

Espero que esse novo trabalho seja menos tecnológico do que o último.

Valdir Junior disse...

E preparem os bolsos, que eles vão rererelançar todos os discos dele em caixas exorbitantemente caras. E é capaz que esses box que já sairiam na The Paul McCartney Archive Collection, como o RAM e Band on The Run, apareça novamente numa "nova" edição. Enfim...desse báu, se tiver fim, se recicla tudo de novo.
Eu só peço que o disco novo seja o mais Rock and Roll possível de um "jovem" de setenta e poucos anos, seja capaz de fazer.

João Carlos disse...

Paul está devendo um disco realmente bom faz tempo.

Marcelennon disse...

Cara, eu também gostaria de um disco mais rock'n'roll, mas o que vier será extremamente bem vindo...
Esse cara mudou a minha vidaaaaaaaa

Marcelennon disse...

Só pra esclarecer a frase "o que vier"... Desde que ão seja algo com esses cantorezinhos atuais... Aí, fica difícil....
"O que quer que venha", que venha do bom, velho e único Paul! Simples assim...

Gustavo Araújo disse...

O New é um ďisco do curso.