sexta-feira, 4 de novembro de 2016

THE BEATLES - THIS BOY - SENSACIONAL!

“This Boy” foi escrita às pressas por John Lennon e Paul num quarto de hotel como um exercício de harmonia em três partes e foi  inspirada, mais uma vez, por Smokey Robinson and The Miracles. George afirmou que em parte da música “John tentava imitar Smokey”. A letra, John afirmou, não era importante. O que interessava era o som e a harmonia. A harmonia era uma parte fundamental do trabalho dos Beatles, e a influência dos Everly Brothers fica especialmente evidente nessa música. Uma semana depois de “With the Beatles” ser lançado, eles produziram outro single - com “This Boy” no lado B e “I Want To Hold Your Hand” no lado A. Covardia. Por isso, “This Boy” recebeu pouca atenção. John a rejeitava por não ter conteúdo, “só a parte vocal”. A letra é curta, sem narrativa; pode-se dizer que revela a luta de John com uma personalidade dividida. Eles tinham se familiarizado com a harmonização em três partes cantando “To Know Her is To Love Her”, de Phil Spector, um sucesso de 1059 com The Teddy Bears. Dizer que a letra não é importante não era o mesmo que dizer que ela não tinha significado, porque mais uma vez John se retratava como rejeitado, esperando tristemente a retribuição de seu amor. A letra é curta, sem narrativa; pode-se dizer que revela a luta de John com uma personalidade dividida. De um lado há este menino (This Boy) que é feliz e a ama; do outro está aquele menino (That Boy), que não é bom para você.
Ringo filmou para "A Hard Day's Night" a cena em que anda sozinho pelo Surrey com "This boy" instrumental ao fundo. Embora sua atuação nessa cena-solo tenha sido bastante elogiada por sua melancolia, ele revelou que na verdade estava de ressaca e foi direto de uma boate para as filmagens, chegando cedo e sugerindo a famosa cena. Pena que não tenha a cena da mulher caindo no buraco.

4 comentários:

João Carlos disse...

É o que Lennon falou. Mas, é linda.

Valdir Junior disse...

Concordo com o John. O maior destaque de "This Boy", realmente é a melodia e harmonia dos vocais, a letra, simplicíssima demais. Mas mesmo assim é um Beatle-Hit.

Marcelennon disse...

Linda e eterna... Quanto à letra, cujo comentário do John foi depreciativo, qualquer pessoa que passe pelos 16, 17 anos, sabe exatamente do quê se trata...

Valquiria Ribeiro disse...

Concordo contigo Marcelennon.