sábado, 3 de maio de 2014

COME AND GET IT - THE BEST OF APPLE RECORDS


Parte do catálogo do selo Apple Records, criado pelos Beatles nos anos 60, foi reeditado em versões remasterizadas, em outubro de 2010. Entre os relançamentos estão álbuns de James Taylor ("James Taylor", de 1968), Badfinger ("No dice", de 1970), Billy Preston ("Encouraging words", de 1970) e Jackie Lomax ("Is this what you want?", de 1968). Remasterizados pela mesma equipe que cuidou do relançamento dos álbuns dos Beatles relançados em 2009, os novos CDs terão versão digital disponível para download. Além disso, alguns deles trarão faixas extras. Os álbuns lançados 
foram: James Taylor , "James Taylor" (1968); Badfinger, "Magic christian music" (1970); Badfinger, "No dice" (1970); Badfinger, "Straight up" (1972); Badfinger, "Ass" (1974), Mary Hopkin, "Post card" (1969), Mary Hopkin, "Earth song, ocean song" (1971); Billy Preston, "That's the way god planned it" (1969); Billy Preston, "Encouraging words" (1970), Doris Troy, "Doris Troy" (1970), Jackie Lomax, "Is this what you want?" (1968); Modern Jazz Quartet, "Under the jasmin tree" (1968); Modern Jazz Quartet, "Space" (1969); John Tavener, "The whale" (1970); John Tavener, "Celtic requiem" (1971).

"Come and Get It: The Best Of Apple Records" é a primeira coletânea multi-artista na história da gravadora. Esta compilação com 21 faixas varia entre as melodias folk de Mary Hopkin e James Taylor, do rock enérgico de Badfinger e Jackie Lomax para a alma profunda de Doris Troy e Billy Preston. Come and Get It exibe os anos vibrantes da Apple de experimentação musical, a partir dos singles de sucesso para os clássicos cult do catálogo, representado pela banda filarmônica The Black Dyke Mills Band, The Playboys Sundown, e muito mais. Hot Chocolate (como "The Hot Chocolate Band ') faz uma aparição, tal como Ronnie Spector, Bill Elliot & The Elastic Oz Band, Chris Hodge, Brute Force, e outros.

Lançada pelos Beatles em 1968, a Apple serviu como um novo mercado para as suas próprias gravações e também como uma alternativa para os grandes artistas da época e que foram escolhidos pelos próprios Beatles (individual e / ou coletivamente). No espírito revolucionário dos tempos, a missão artística e utópica da Apple, comemorou a diversidade em um ambiente amigável criativo. O resultado foi um espectro diversificado da música, do rock, folk e soul e essa compilação é uma apresentação ótima do que foi a gravadora. O CD foi remasterizado para este lançamento e está editado no mesmo formato como os lançamentos dos Beatles remasterizados há dois anos.

4 comentários:

Pedro RBC disse...

King of Fuh simplesmente hilário!

João Carlos disse...

A grande novidade pra mim é a Doris Troy.Que achado! Que fim levou essa moça?

Edu disse...

Negona realmente demais. Esse disco já esteve aqui pra download. E todos esses relançamentos são legais pra c...... Comprei somente o da Mary Hopkin e os quatro do Badfinger. Os outros eu baixei. O mortimer bem que podia ter aparecido, héin Valdir?

Murilo Pedreira disse...

Edu, você poderia fazer mais posts com os cantores originais dos vários covers que os Beatles fizeram, principalmente dos grupos negros femininos.