terça-feira, 5 de novembro de 2013

A PEDIDOS: PAUL McCARTNEY - PIPES OF PEACE

Um grande beijo para minha amiga Maria Lúcia Azevedo, a Lucy Diamond!

O começo dos anos 80 certamente traria de volta toda a movimentação do início dos anos 70, quando o Wings começava a abrir suas asas para futuros voos mais altos, ruiu. Isso porque Paul McCartney buscava um pouco de tranqüilidade após sua jornada de uma década no comando de sua banda! Em 1982, logo depois de preparar e lançar o aclamado Tug Of War, dois mega projetos entraram na linha de produção: o álbum Pipes Of Peace e o filme Give My Regards To Broad Street. A experiência de completar o roteiro e a trilha sonora de um longa metragem enquanto gravava faixas para um LP certamente atrapalhou a execução dos respectivos trabalhos.Tanto Give My Regards quanto Pipes Of Peace teriam suas datas de comercialização diversas vezes adiadas no período entre os meses de outubro de 83 e 84.Em outubro de 1982, um ano antes do lançamento de Pipes Of Peace, Paul começou a gravar e selecionar as faixas que entrariam no álbum. Várias delas foram resgatadas das sessões de Tug Of War, como Keep Under Cover, Hey Hey, Tug Of Peace e Sweetest Little Show. Entre as novas músicas que integrariam o álbum, duas composições nasceriam da parceria com Michael Jackson, que em 1982 já estava dominando as rádios mundiais com canções do multimilionário Thriller. Embora Pipes Of Peace tenha alcançado apenas o 15º lugar nos EUA, a produção da faixa título do álbum traria um destino melhor para suas vendas na Inglaterra, onde chegaria em quarto lugar. Pipes Of Peace (a canção) também seria promovida incansavelmente por um videoclipe, transmitido com freqüência nos quatro cantos do planeta.

Reconhecidamente, Pipes Of Peace não seguiu uma linha regular de gravações. Keep Under Cover, primeira a ser produzida, havia sido gravada durante a prmeira sessão do seu antecessor, Tug Of War, no dia 7 de dezembro de 1980. Hey Hey, co-escrita com Stanley Clarke em fevereiro do ano seguinte, no A.I.R Studios, em Montserrat, e Average Person, registrada durante o mesmo período, também entrariam no Pipes Of Peace. Outras canções seriam ainda registradas das sessões do mesmo LP, em março de 1981, com Tug Of Peace e Sweetest Little Show. As faixas gravadas em parceria com Michael Jackson (Say Say Say e The Man) foram iniciadas em maio de 1981, no A.I.R Studios, em Londres, e completadas mais tarde em Los Angeles, no Cherokee Studios. Durante a mesma sessão, em março de 1982, The Girl Is Mine seria registrada. Já Ringo Starr, que havia participado em uma das faixas de Tug Of War, retornaria ao estúdio para a regravação de Average Person e tocar em uma nova música, So Bad, ambas sendo produzidas no mês seguinte às sessões com Michael Jackson. Os demais títulos do álbum (Pipes Of Peace, The Other Me e Through Our Love), seriam completados com o auxílio de George Martin em outubro de 1982, no A.I.R Studios, em Londres, onde a mixagem do álbum ocorreria somente em julho de 1983, executada por Eddie Klein e Jon Jacobs. Outras canções também gravadas nesse período: Twice In a Lifetime (utilizada como faixa título do filme homônimo, estrelado por Gene Hackman) e o instrumental The Honorary Consul, usada como tema principal do longa metragem, que contou com as participações de Michael Caine e Richard Gere.

A faixa título do álbum, Pipes Of Peace foi inspirada pela leitura de um poema de autoria do indiano Rabindranath Tagore, vencedor do prêmio Nobel de Literatura em 1913. A frase “in love all of life’s contraditions dissolve and disappear” (com amor, todas as contradições da vida dissolvem e desaparecem) é o tema principal da canção. Paul a compôs como um tema universal direcionado às crianças de todo o planeta, a pedido do escritor – também natural de Liverpool – George Melly. O tema “paz” serviria como contraponto à “guerra”, utilizado em seu trabalho anterior, Tug Of War.

3 comentários:

Valdir Junior disse...

Apesar de ter escutado muito o "Pipes of Peace" quando ele saiu , quase não escutei mais eles nos últimos 25 anos , mas outro dia coloquei para tocar e vi que ele tem ainda uma vibe bem legal, tirando fora uma 2 musicas dali o resto se mantem muito bem !!! Principalmente " So Bad" !!!

Luis da Silva disse...

Gosto muito de Pipes Of Peace,dessa época me lembro bem, a dupla formada com Michel Jackson foi ótima,bons tempos.

João Carlos disse...

É um bom disco.Mas bem abaixo do Tug Of War!