terça-feira, 9 de agosto de 2011

O ASSASSINATO DE SHARON TATE


No dia 9 de agosto de 1969, a atriz Sharon Tate e mais quatro pessoas foram assassinadas pela Família Manson - seguidores do maníaco Charles Manson. A postagem original sobre a chacina foi publicada originalmente no dia 25 de setembro de 2008. Como hoje faz 42 anos do terrível assasinato que ainda choca até hoje, e como nesses três anos são muitos os pedidos de uma atualização, aí vai. Espero que gostem. Abração a todos! Especial para Mariana e Karina. Valeu!
Sharon Marie Tate nascida em Dallas, em 24 de Janeiro de 1943 foi uma atriz e uma das mulheres mais bonitas de Hollywood na década de 1960. Morreu de maneira trágica, brutalmente assassinada, aos oito meses de gravidez, pela notória Família Manson.
Sharon começou a chamar atenção no mundo do cinema com sua aparição em Não Faça Onda, de 1967, uma comédia hedonista com Tony Curtis e Claudia Cardinale, pelo seu corpo perfeito e seu lindo rosto , o que a levou a estrelar a comédia de humor negro A Dança dos Vampiros, de Roman Polansky, cineasta polonês com quem se casou em 1968 e formou um dos casais mais charmosos e populares do meio artístico nos Estados Unidos e na Europa, com seus passos perseguidos pela imprensa de todo o mundo.
Sharon Tate começava a atingir o superestrelato no final dos anos 1960, depois de ser uma das protagonistas do filme O Vale das Bonecas (1967), baseado no best-seller de Jacqueline Susann e do último filme da série Matt Helm, com Dean Martin, quando sua carreira e sua vida foram interrompidas por seu brutal assassinato e de mais três amigos, todos da sociedade de Los Angeles, dentro de sua própria casa por integrantes da Família Manson, comandada pelo psicopata Charles Manson, no dia 9 de Agosto de 1969. Seu marido, o diretor Roman Polanski, estava na Europa, produzindo um novo filme. Sharon estava então grávida de oito meses e meio de seu primeiro filho e seu assassinato foi considerado uma das maiores tragédias ocorridas na sociedade e na história criminal americana.
Charles Manson, o mentor intelectual da chacina, e seus assassinos, Charles “Tex” Watson , Susan Atkins e Patricia Krenwinkel, autores do que ficou conhecido como o Caso Tate-LaBianca, foram condenados à morte, pena depois comutada pelo estado da Califórnia em prisão perpétua. Todos estão presos até hoje, tendo sido negadas todas as petições de liberdade condicional através dos anos.
Charles Milles Manson nasceu em Cincinnati, em 12 de novembro de 1934 e já tinha problemas desde antes de nascer. Foi gerado na barriga de uma prostituta promísqua e drogada de apenas 16 anos. Nunca conheceu o pai. Herdou o sobrenome Manson de um breve casamento de sua mãe depois que nasceu. Quando a mãe não estava em cana, estava chapada ou fazendo programas. Charles passava a maior parte do tempo com a avó. Quando sua mãe foi presa mais uma vez, foi morar com uns tios. Esse tio era barra-pesada. Espancava e abusava do pequeno futuro monstro. Quando a mãe saiu da cadeia, tudo continuou igual, ou melhor, pior. Manson conta que certa vez, ela chegou a vendê-lo num bar em troca de uma dose.
Então, o pequeno Charles começou a roubar. Foi mandado para um reformatório, mas ao sair continuou com os delitos. Por volta dos 12, procurou a mãe, que o rejeitou mais uma vez. Outras vezes preso, foi parar em outras instituições. Muitas vezes fugia. Chegou a passar por avaliações psiquiátricas - numa destas, postulou-se que por trás de suas mentiras e frieza estava um garoto extremamente sensível, mas que não havia recebido amor suficiente. Avaliou-se o seu QI, e era acima da média. Perto de receber a condicional, Manson sodomizou um garoto, com uma faca contra o pescoço do rapaz. Tinha já 17 anos. Foi então mandado para uma instituição mais segura. Abusou de outros homens. Mas, já em outra prisão, aparentemente mudou de comportamento, subitamente: dedicou-se mais a aprender (finalmente foi alfabetizado) e estava mais colaborativo. Aos 19 pôde sair.
No ano seguinte, casou e tiveram um menino - Charles Manson Jr. Trabalhava em serviços de baixa especialização, pelos quais recebia pouco. Então, para completar sua renda, roubava carros. Foi parar novamente na prisão. Nisso, a esposa o largou. Três anos depois, ele saiu. Virou "cafetão". E, claro, ainda era ladrão. Ano seguinte, foi pego novamente, mas escapou com a ajuda de uma mulher que mentiu estar grávida dele. Mas após dar um golpe financeiro em uma mulher e drogar e estuprar a colega de quarto dela, foi preso. Estava com 26 anos e deveria passar muitos anos vendo o sol nascer quadrado. Nesta época, descreve-se que Charles tinha grande necessidade de chamar a atenção para si mesmo. Era manipulador. Falava de filosofias pouco conhecidas na época, como o budismo e a cientologia. Outra obsessão eram os Beatles.
Tinha um violão e acreditava que, tendo oportunidade, seria maior que eles. Passava boa parte do tempo escrevendo músicas. Aos 32, podendo finalmente ser libertado, quis recusar. Tinha passado mais da metade da sua vida em instituições e disse que não saberia viver lá fora. Estávamos em 1966. Charles saiu, teve contato com hippies e começou a arregimentar seguidores. Muitos eram meninas bem jovens e perturbadas emocionalmente. Além disso, usava de drogas como o LSD para influenciá-las. O guru Charles Manson pregava o abandono das prisões mentais engendradas pelo capitalismo. Consta-se que a Família acabou por se aproximar das "ciências ocultas", como a "Ordem Circe do Cachorro Sanguinário".
O grupo acabou conhecendo Dennis Wilson, do grupo Beach Boys. Tentaram explorá-lo, mas ele depois se livrou de Manson. Em 68, foram parar no rancho. Eles sobreviviam não só de roubar, mas também de procurar comida em restos. Charles ainda tentava gravar um filme ou um disco. Um produtor, Melcher, recusou o que, na cabeça dele seria um fato consumado: gravar e lançar o artista Charles. Charles dizia acreditar que iria acontecer uma grande guerra racial, onde os negros venceriam, mas encontrar-se-iam perdidos, porque eram inatamente incapazes de dominar. Nesse ano, os Beatles lançaram THE BEATLES, que ficou conhecido como “Álbum Branco”.
O disco trazia canções como REVOLUTION e HELTER SKELTER. Era o "sinal" para Manson e sua família de monstros. A guerra deveria começar com crimes que deixassem os brancos realmente enfurecidos contra os negros. Charles e sua “família” escapariam escondendo-se no deserto. Charles havia entendido em um livro religioso que havia, no deserto, uma entrada para uma cidade de ouro. Após o fim da guerra, a Família Manson retornaria e assumiria o comando da situação. Charles era o “quinto anjo”. Os outros quatro? John, Paul, George e Ringo: os Beatles... Como os negros não iniciaram a guerra na data que Charles achou que começariam, ele percebeu que teria que ensinar a eles o que fazer.
Madrugada de 9 de agosto de 69. Hollywood. A bela atriz Sharon Tate está grávida de 8 meses. Seu marido é o diretor Roman Polanski, que já era conhecido e está em viagem na Europa. Na casa do casal, ela recebe três amigos – uma residência isolada da cidade, e com vizinhos distantes. Os quatro são assassinados esta noite – aliás, os cinco: o garoto em sua barriga também morreu. Além de uma outra pessoa que não estava com eles na casa, estava por perto procurando pelo caseiro.Tiros, golpes com objetos, cordas nos pescoços e muitas facadas. Na parede, escreveram “PIG” (porco), com o sangue das vítimas. Na noite seguinte, o mesmo grupo invadiu a casa de Leno e Rosemary LaBianca, matando os dois.
As mensagens escritas na parede da casa com o sangue das vítimas foram "Helter Skelter", "Death to pigs" e "Rising". Os assassinatos de Sharon e do casal LaBianca pela "Família Manson" ficaram conhecidos como o "Caso Tate-LaBianca".
O objetivo dos assassinatos planejados por Charles Manson era começar uma guerra que, segundo ele, seria a maior já travada na terra, denominada de "Helter Skelter". Uma guerra entre negros e brancos, em que os brancos seriam exterminados. Ele acreditava que algum negro logo seria acusado pelos assassinatos, o que faria com que os confrontos explodissem logo. Como ele e sua "família" eram brancos, planejavam esconder-se em um poço denominado por Manson como poço sem fundo em algum lugar no deserto assim que a suposta guerra começasse. Linda Kasabian, uma das integrantes da comunidade, porém, resolveu fugir e denunciar Charles à polícia, além de depor em seu julgamento. Ela não concordava com os assassinatos, apesar de ter presenciado alguns. Manson, então com 37 anos, foi acusado de seis assassinatos e levado à Justiça, juntamente com três seguidoras. Embora fosse o líder da "família", alegou não ter participado pessoalmente de nenhum deles. Charles Manson declarou durante o julgamento o seu ódio profundo pela humanidade, chamando os membros de sua família de rejeitados pela sociedade. A promotoria se referiu a Manson como "o homem mais malígno e satânico que já caminhou na face da Terra" e todos foram sentenciados à morte.
Mas, com a mudança no código penal do estado, a pena deles foi alterada para prisão perpétua. Desde então, Manson vem tentando mudar sua pena para condicional, mas nunca conseguiu. Sua última tentativa foi em 2007. E a próxima em 2012. Se fodeu, Manson! E tomara que seus seguidores também! Amém, Jesus! Na época do julgamento, John Lennon disse: "Eu não sei o que pensei quando aconteceu. Ele é um filho do sistema, feito por nós. É claro que ele é um maluco!" Sobre Helter Skelter, Manson disse: "Era a música que eu gostava." E sobre os Beatles: "Eles se foram, eu estou aqui!". O filho de Charles Manson, Manson Jr. suicidou-se em 1993. Valeu!

19 comentários:

JOÃO BATISTA disse...

hoje 9 de agosto tbm fazem 23 anos que morreu o ator ramon valdez {seu madruga}

Valdir Junior disse...

Uma mulher lindisima vitima de um maluco doente de pedra !!!
Esse cara mostrou quanto escura pode ser a alma do ser humano mesmo num sonho de Paz e Amor que era o Verão do Amor e o sonho Hippie e que tinha umas frutas bem podres dentro dele prontos a criar um pesadelo ao mundo . infelizmente.

João Carlos disse...

Isso foi um horror.A diferença é que lá é "jail" prá sempre.Aqui esse Manson seria chamado de apenas um "aloprado". Talvez fosse hoje uma excelência como Dep. Federal.

Edu disse...

Para mim, todos esses maníacos deviam se matar primeiro, depois sair matando os outros! Como disse o João Carlos: lá É CANA MESMO! O melhor exemplo que temos por aqui é o daquele demente Guilherme de Pádua, que, da mesma forma que Manson, acabou co a vida daquela menina e hoje é um cidadão comum. Direitos civis e tudo! Ô país de merda!

Vanessa disse...

Já tinha escutado falar do Manson Psicopata mas não sabia da história de fato.
Bicho doente!
Sò não entendi pq soltaram ele tantas vezes.

Leonardo Polaro disse...

´´O Brasil é o país do futuro...rs´´, já dizia Renato Russo.

Satannabis disse...

Exitiu e existe coisa pior do que ele, ele é só um sensacionalismo.

Anônimo disse...

esses montros deviam ja estarem no quintos dos infernos, se bem que o fogo do inferno e pouco para esses vermes,se bem que pelo menos damo-nos por mais ou menos satisfeitos que eles estao apodrecendo na prisao, porque se essa barbarie tivesse acontecido aqui "nesse lindo" pais eles com certeza ja estariam tomando cerveja em algum bar,e as bruchasestariam fazendo compras no shoping e isso ai brasil

Patricia Lassance disse...

A primeira vez que euvi falar sobre esses assassinatos foi no programa Ghost Hunters, fui no fórum dos fãs do programa e uma garota postou a foto da Sharon Tate assassinada, não consegui dormir direito naquela noite, ela levou várias facadas e demorou para morrer mas o pior foi saber que o bebê(acho que já tinha 8 meses) ainda sobreviveu na barriga depois que a mãe morreu, quando a polícia chegou já era tarde demais. No Discovery Investigation vira e meche falam sobre esse maluco do Charles Manson no programa O Índice da Maldade, Quando uma pessoa é manipulada por um sádico elas matam sem sentir culpa, acham que estão fazendo algo elevado e prol de algo melhor, uma sociedade melhor, foi assim que Hitler fez >.<.

salvatore disse...

Quem quer fugir dos BEATLES, não entre neste blog. Caraca chapa, tu é tão fã assim? É bom demais ouvir, mas ser fanático não.

Anônimo disse...

Que loucura! Acabou com varias vidas....triste isso. Todos eles pra pqp!

Karen Heloise disse...

Como o ser humano tem coragem de tirar a vida do próximo
sim não podemos julgar e não
Não podemos calar...

Karen Heloise disse...

Como o ser humano tem coragem de tirar a vida do próximo
sim não podemos julgar e não
Não podemos calar...

Anônimo disse...

pois é e o que mais me deixa horrorizada, nestas chacinas macabras, é que quem matou a atriz Sharon Tate, desferindo os golpes de faca, matando um inocente na barriga da mâe, foi uam mulher uam desgraçada cruel, um monstro insensivel chamado Susan Atkins, que era do bando do Charles Manson, neste ele não estava lá, este homemnão cometeu os assassinatos, mas foi o mentor deles, e as pessoas matarm porque eram tão perversas como ele, porque uma delas uam tal de "Linda"não quis participar não matou ninguém, então esse "doente diabólico", do Charles Manson, por tudo que ele sofreu na infância e por todo o mal que cometeu, é um caso perdido na história, pior foram aqueles seus comparsas, que não tiveram um passado de horror, como ele teve e cometeram as piores atrocidades,quando assisti esse fato fiquei muitos dias sem dormir, amis horrorizada ainda, quando descobri que o inocente morto afacadas na barrida da mãe, Sharon Tate, que implorou para que não matassem seu bebezinho, foi morto por "uma cadela diabólica" que morreu de câncer cerebral na prisão, essa 'cadela sanguinária" disse nunca ter se arrependido dop que fez, mas morrer de câncer e ter uam perna amputada por causa da doença, foi pouco para o que la fez com uma mulher grávida e seu bebê inocente isso é diabólico demais, essas "bestas desumanas" do bando de CHarles Manson tem que apodrecer na prisão !!!!!

JOSE disse...

o que eu mais acho de deverasmente incomensurável, e que esses comentários contra estas atrocidades é que as pessoas comparam esses humanos com animais, saibam vocês que um animal não teria coragem de cometer um ato igual a este e que vocês estão errando outra vez. ANIMAL É ANIMAL, HUMANO É ALGO DE RUIM... JOSÉ- BARBACENA MG

Ulisses Pereira disse...

Já tinha visto algo no youtube e cai de para-quedas em seu blog e BARBARIDADE!!
Olha só o que fizeram com a atriz e os outros! E como vc conseguiu a foto da tragédia? Pena,pena que os bandidos não forma mortos e tiveram muita sorte mesmo,pois no início dos anos 70 a lei mudou...
Eles foram presos,mas e o caso da Elizabeth Short que foi esquartejada e não pegaram o monstro que fez isso...
Como pode ter mentes diabólicas???
É....mas no caso de Susan ela se ferrou em 2009,teve teve câncer no cérebro e foi negado a liberdade...teve o que mereceu e fou pouco ainda. De cara pelas imagens....

Anônimo disse...

A família sofreu e chorou muito
Quem leu lamenta e os monstros tendo oportunidades fazem tudo outra vez
Que triste

Renata Daniela disse...

E a tendência é piorar,infelizmente!

Sane disse...

Que horror! Fico sem entender , como alguém pode nascer pra ter um fim tão trágica como essa atriz, que tristeza e ninguém na casa escapou , o ser humano é a pior coisa na face da terra.