quinta-feira, 24 de julho de 2014

RINGO STARR & PETER SELLERS - UM BEATLE NO PARAÍSO

O filme The magic christian, no Brasil "Um Beatle no Paraíso" é uma a comédia maluca, dirigida pelo inglês Joseph McGrath em 1970, que fez com que o ex-Beatle Ringo Starr emplacasse de vez no cinema. Seu estilo descontraído lembra o do irreverente Richard Lester, que dirigiu os filmes do auge da carreira dos Beatles: Os Reis do Iê-iê-ie e Help! Um Beatle no Paraíso (The Magic Christian) procura debochar ale¬gremente daquilo que há de mais tradicional no cotidiano da vida dos londrinos: dos refinadíssimos teatros, que somente encenam Shakespeare, aos pobres e grotescos filmes dos inúmeros cinemas especializados em horror. Ringo Starr faz o papel de um pobretão, que é repentinamente adotado por um aventureiro milionário e tremendamente diabólico (Peter Sellers). As divertidas situações vividas pelos dois, em meio a cores maravilhosas e imagens fantásticas, transformam o filme Um Beatle no Paraíso numa divertida fantasia, no melhor estilo dos contos de fadas. O filme conta ainda no elenco com Cristopher Lee, Roman Polanski e Raquel Welch, belíssima na época.

Além disso, destaca-se também a trilha sonora que traz nada menos que três canções gravadas pela banda inglesa Badfinger: "Come and Get It" de Paul McCartney, "Carry On Till Tomorrow" e "Rock Of All Ages". Quando McCartney soube que o filme estava sendo rodado em 1969, fez a demo de "Come and Get It" em menos de uma hora, sozinho no estúdio. Depois levou a canção para apresentá-la ao grupo Badfinger que se dispôs a gravá-la mudando-a e adaptando-a ao seu estilo. McCartney não concordou, eles poderiam gravá-la, mas sem mudar um acorde sequer. E assim foi feito, e a canção se tornou o primeiro grande sucesso da banda. A versão demo de Paul pode ser conferida no 'Anthology 3' dos Beatles.
Aqui, a gente confere o trailer original e logo embaixo, para quem quiser, o filme inteiro, só que em inglês, sem legendas. Abração, pessoal!

5 comentários:

Valdir Junior disse...

Esse filme é impagável, vale mesmo pelo Ringo , a musica do Badfinger e a exuberante Rachel Welch !!!

Edu disse...

Yeah, Yeah, Yeah!

João Carlos disse...

É um mistério pra mim. Nunca tive a chance de assistir.

Murilo Pedreira disse...

Esse McCartney é chato...hehehe.

Fábio Simão disse...

Boa, mais um link guardado para assistir.