terça-feira, 3 de janeiro de 2017

THE BEATLES - I ME MINE - by GEORGE HARRISON

"I Me Mine" é uma música dos Beatles composta e interpretada por George Harrison no álbum Let It Be de 1970, o último álbum lançado pela banda. Gravada em 3 de janeiro de 1970, na primeira das duas últimas sessões de gravação dos Beatles. Apesar da ausência de John Lennon, esta foi a última música gravada pelo grupo. A faixa abre com um órgão drámatico de George(que também acrescenta uma guitarra e violão à faixa), Paul toca piano elétrico e Ringo Starr toca sua bateria normalmente. O vocal é de Harrison, que realiza as harmonizaçôes junto com Paul. "I Me Mine" recebeu um acompanhamento de orquestra, que Phil Spector deixou bem ao fundo.
Ao aprofundar seu envolvimento com o pensamento oriental, George tentou conciliar sua posição de estrela do rock com as exigências religiosas de abandonar o ego para obter a iluminação. Sua crença era que a nossa preocupação com o ego - o que "eu" quero, o que pertence a "mim", o que é "meu" - é o que impede nossa absorção pela consciência universal, em que não há dualidade nem ego. "Não há nada que não faça parte do todo completo", George afirmou. "Quando os pequenos 'eus' se fundem no grande 'Eu', então você está realmente feliz!" A melodia de valsa de "I Me Mine" foi inspirada em "Kaiserwalzer", de Johann Strauss II, um trecho de sessenta segundos usado como música de fundo em um documentário da BBC 2, Europa: The Titled and the Unentitled na noite anterior. A versão era da Orquestra Filarmônica de Viena conduzida por Willy Boskovski. George viu o programa e fez a música a partir do que lembrou. Para variar, não existe mais o vídeo dos Beatles em lugar nenhum. Então, a gente fica com a homenagem de Britt Daniel no concerto George Fest. Sorry.

3 comentários:

Valdir Junior disse...

Não sabia que ela foi inspirada numa valsa do Strauss II. Bem interessante.
Já essa coisa de ficarem tirando os videos dos Beatles do Youtube, tá um saco.

João Carlos disse...

Grande canção, apesar de pouco evocada. Poderia ser um pouco maior a duração.

Marcelennon disse...

Taí uma música em que o trabalho de Phil Spector fez um bem danado... Gosto muito dessa canção!