quarta-feira, 27 de setembro de 2017

A TRISTE HISTÓRIA DE RORY STORM, DOS HURRICANES


Rory Storm foi a maior estrela do Rock de Liverpool entre 1961 e 1962. Foi o maior Showman que a cidade já viu. Rory Storm tinha quase 1,90m, era louro, e dono de uma energia impressionante!
Alan Ernest Caldwell nasceu em Liverpool em 7 de janeiro de 1938 e adotou o nome de Rory Storm em 1958. No mesmo ano, formou a banda The Raving Texas, que venceu um concurso de Skiffle e tornaram-se conhecidos em Liverpool. Com a explosão do Rock na Inglaterra, o grupo abandona o Skiffle, passando a ter em seu repertório os clássicos de Chuck Berry, Little Richard entre outros. Em 1959 adotam o nome de Rory Storm And The Hurricanes tornando-se a banda mais popular de Liverpool.
Apesar de ser o líder da banda e vocalista, durante as performances do grupo, Rory ficava fazendo várias loucuras no palco, escalando o equipamento, pendurando-se nos ventiladores e, as vezes sumia, reaparecendo entre o público. Rory era o dinâmico showman. Enquanto isso, quem segurava as pontas nos vocais era o baixista Lou Walters.
No final de 1959, Ringo Starr entrou para o grupo. Seu nome verdadeiro era Richard Starkey. A lenda diz que ele teria assumido o apelido "Ringo" devido ao grande número de anéis que usava "rings", por sugestão de Rory.Durante as apresentações, Ringo tinha a oportunidade de assumir os vocais em alguns números, entre eles: "Matchbox" e "Boys". No início dos anos 60, os Hurricanes fazem uma excursão a Hamburgo, na Alemanha. Neste período, conhecem os Beatles e os dois grupos se tornam grandes amigos. No início de 1960 os Hurricanes abriram um show de Gene Vincent no Liverpool Stadium, tendo assim atingido o posto de "banda mais popular" e "banda mais promissora" da região.Porém, esta superioridade iria acabar com o retorno dos Beatles de Hamburgo e uma longa temporada de sucesso no Cavern Club. Houve então um duelo de popularidade entre as duas bandas, incentivado pelo jornal de Bill Harry "The Mersey Beat". Ringo deixou a banda de Rory Storm no início de 1962 pra tocar na banda de Tony Sheridan, mas voltou ao Hurricanes no verão desse ano.Depois de substituir Pete Best em algumas apresentações e a véspera de gravarem seu primeiro single pela EMI, Ringo aceitou o convite para juntar-se aos BeatlesEra agosto de 1962 e após a saída de Ringo, vários outros bateristas passram pelos Hurricanes: Gibson Kemp, Keef Hartley, Ian Broad, Trevor Morais, e Jimmy Tushingham. Pete Best, ao ser despedido dos Beatles, depois de um período improdutivo, veio a substituir Ringo nos Hurricanes, antes de formar a Pete Best Combo. Rory Storm continuou sua carreira em Liverpool e arredores. Com o sucesso dos Beatles em toda Inglaterra, as bandas de Liverpool passarm a chamar a atenção. Em 1963 os Hurricanes assinarm contrato com o selo "Oriole" e lançam o single Dr. Feelgood/I Can Tell, sem muita repercussão. Brian Epstein conseguiu um contrato para o grupo de Rory gravar em Londres, pelo selo Parlophone. Gravaram então Ubangi Stomp/ I'll Be There e America/Since You Broke My Heart. Os singles venderam bem em Liverpool, mas não atingiram o sucesso esperado na Inglaterra. A banda optou por não ter um empresário e quando os grupos de Liverpool começaram a invadir Londres, os Hurricanes já estavam decadentes e ficaram de fora.Lou Walters, um dos mais importantes do grupo, abandonou os Hurricanes no final de 1964. Em seu lugar entrou Vince Earl. A banda continuaria por mais alguns anos a se apresentar em alguns clubes da Inglaterra.
Rory Storm & The Hurricanes tiveram seu fim definitivamente em 1967. Rory Storm foi disc-jóquei por dois anos. Em 27 de setembro de 1972, Storm desenvolveu uma infecção no tórax e não conseguiu dormir adequadamente, então se entupiu de pílulas para dormir. O corpo foi encontrado no dia 28. Estranhamente, o corpo da sua mãe (que morava com ele) foi encontrado no quarto dela no mesmo dia, nas mesmas condições. Especula-se que os dois  suicidaram-
se simultaneamente. E que haveria um estranho pacto entre eles. Aqui, a gente confere RORY STORM E SEUS HURRICANES mandando ver, ainda com Ringo!

Nenhum comentário: