terça-feira, 25 de dezembro de 2012

THE BEATLES - LET IT BE


Lançada como single em março de 1970, "Let It Be" parecia ter sido gravada como o canto do cisne dos Beatles, mas a canção datava de janeiro de 1969. Ninguém fazia ideia de que aquele seria o último síngle. Paul tinha escrito "Let It Be" a partir da sua sensação geral de desespero, uma vez que os Beatles começavam, aos poucos, a ruir. O documentário tinha começado como um registro de um ensaio seguido de uma apresentação ao vivo, mas foi o registro de um grupo dando os últimos suspiros. A essa altura, John preferia passar seu tempo com Yoko, cuja pre-sença no estúdio não era bem-vinda por todos. George já havia deixado o grupo uma vez e estava desestimulado diante da maneira como suas composições eram instantaneamente rejeitadas. Até mesmo Ringo tirou umas férias quando o clima ficou realmente ruim durante a gravação do Álbum Branco. Paul estava claramente tentando assumir o papel de líder porque sentia que sem organização e disciplina ninguém chegaria mais a lugar nenhum. "Acho que estamos muito pra baixo desde que o sr. Epstein morreu", é possível ouvir Paul dizendo no filme. "É por isso que estamos cansados do grupo. Não há nada nele de que podemos tirar proveito. Tem sido um peso. A única maneira de não ser um peso é os quatro pensarem 'devemos transformá-lo em algo de bom novamente ou deixar pra lá?'" Mesmo que o papel de Paul tenha sido necessário, não fez dele mais querido. Os demais começaram a se ressentir do seu papel de organizador. "Let It Be" foi escrita como uma resposta a toda essa pressão: "Eu a escrevi quando todos esses problemas comerciais começaram a me cansar", Paul afirmou. "Eu estava passando por um 'momento pesado' e foi a minha maneira de exorcizar os fantasmas."

Link para a megapostagem de Let It Be: http://letitbeobaudoedu-edu.blogspot.com.br/

5 comentários:

João Carlos disse...

E acertou na môsca !

Luis da Silva disse...

Adoro let be Edu,lembro -me que quando era criança, sempre que a ouvia me sentia feliz,Paul disse que a escreveu por causa de um sonho que teve com sua mãe mary, lembrando tambem no video, a participação do músico falecido em 2006 Billy preston, valeu Edu.

Aumenta que isso aí é Rock n' Roll! disse...

Engraçado ver essa postagem. Eu comprei o livro "The Beatles - A História Por Trás de Todas As Canções" no sábado dia 22. E no sábado, eu li as letras do disco Let It Be, e resolvi assistir o filme de novo.

E agora vejo a sua postagem aqui. É muita coincidência!

Valdir Junior disse...

Obra Prima do Paul , que mesmo com a mão do Spector não perdeu a magia e a qualidade !!!

Anna Gomides Gonçalves disse...

Então, queria fazer uma pergunta. Essa versão não é "ao vivo" do estúdio, ou fake???