quinta-feira, 29 de outubro de 2015

PAUL McCARTNEY & WINGS - LOVE STRANGE

“Love Is Strange” seria lançada originalmente como compacto, mas os planos da gravadora EMI impediram sua comercialização. A canção – única do álbum “Wild Life” não composta pelo casal McCartney, fez sucesso nas paradas norte-americanas e inglesas na voz de diversos artistas, como Lonnie Donegan, The Everly Brothers e Buddy Holly. Foi escrita por Bo Diddley sob o nome de sua esposa na época, Ethel Smith, e sua primeira gravação foi pelo Bo Diddley em 1956. A versão arranjada pelo Wings foi criada “acidentalmente” no Rude Studio. Paul e Linda, inspirados pela série de álbuns de reggae Tighten-Up, compuseram uma base rítmica instrumental muito parecida com a estrutura de “Love Is Strange”. A dupla, por sua vez decidiu unir a peça musical recém-criada à versão original da canção, o que resultou na gravação da faixa que aparece em “Wild Life”. Foi gravada em agosto de 1971 em Londres, no estúdio Abbey Road. Fonte: “Paul McCartney – Todos os segredos da carreira solo” – Claudio D. Dirani.

4 comentários:

João Carlos disse...

Apenasmente ótima.

Valdir Junior disse...

Ela é legal, mas acho que esta um pouco deslocada no " Wild Life".

Anônimo disse...

A levada é tipicamente americana (Grateful Dead)...e o Mr McCartney é competente. Ficou 10

Anônimo disse...

A levada é tipicamente americana (Grateful Dead)...e o Mr McCartney é competente. Ficou 10