terça-feira, 18 de julho de 2017

RINGO STARR FALA SOBRE SEU NOVO ÁLBUM E OS BEATLES

Ontem, segunda (17), foi divulgada uma entrevista de Ringo Starr, através do site do portal Billboard. Numa conversa descontraída, nosso baterista preferido, que completou 77 anos no último dia 7, contou sobre seu novo álbum solo e como funciona o processo de criação para as suas canções: “O que acontece comigo e com as pessoas que eu escrevo junto é que um de nós sempre tem uma linha. Geralmente eu tenho uma lista cheia de linhas, daí a gente pensa no que vai fazer. A melhor faixa para contar sobre isso é ‘So Wrong for So Long’ – ‘Tão errado por tanto tempo’. Alguém me disse isso em 2008 e eu pensei ‘isso é uma ótima linha’, e finalmente transformei em uma música. O que usualmente acontece é – não importa o que as pessoas estão fazendo, eu sempre direciono pra onde eu quero que esteja, que é a paz e o amor.” Ringo ainda falou sobre a importância dos Beatles para a música e sua relevância para os jovens ainda hoje: “A grande coisa sobre a música dos Beatles – nós trabalhamos muito duro e ainda é relevante até hoje. As canções que John e Paul escreveram, e as que eu, George, John e Paul tocávamos é o que me deixa mais orgulhoso. Nós trabalhamos muito duro para fazer essas faixas, e todos os anos uma nova leva de adolescentes escuta isso. (…) É relevante ano após ano. Isso me deixa maravilhado.” O novo disco de Ringo chama-se “Give More Love” e é o 19º de sua carreira solo, e tem previsão para ser lançado no dia 15 de setembro. É isso aí Ringo!

4 comentários:

Cláudio Vida disse...

O melhor e mais carismático baterista de todos os tempos.

Benilson Silva disse...

Se Ringo se sente maravilhado com o que produziu de melhor na música com os outros Beatles... imagine eu? Theo continuará se sobrepondo e repercutindo sua obra por muitas e muitas gerações. É possivel que esse novo disco de Starr se sobreponha a todos os outros.

Valdir Junior disse...

Na expectativa desse novo disco. Vamos ver como vai ser.

roque22 disse...

Espero que seja tão bom quanto o anterior.