domingo, 13 de agosto de 2017

OS FILHOS MÚSICOS DOS BEATLES

Julian Lennon - É o mais velho dos filhos dos Beatles. Nasceu em 8 de abril de 1963 e é fruto da relação de John com sua primeira esposa, Cynthia Powell. Batizado como John Charles Julian Lennon, é afilhado do falecido empresário dos Beatles, Brian Epstein. Julian sempre teve uma relação conturbada e distante com o pai. Depois que conheceu Yoko, John se afastou de todos que lembravam a sua vida anterior, incluindo o filho. Houveram várias tentativas de reaproximação durante a década de 1970, mas o comportamento volátil de Lennon sempre dificultou as coisas. No entanto, Julian sempre foi muito próximo de Paul McCartney, que desde o início o tratou quase como um filho, substituindo a figura paterna que John nunca foi para Julian. Até hoje ambos mantém uma relação muito próxima.Julian Lennon inspirou algumas clássicas composições dos Beatles. “Lucy in the Sky with Diamonds” nasceu de um desenho seu feito na escola, e que ele batizou de “Lucy no céu com diamantes”. As iniciais da faixa formam a sigla LSD, alusão à droga alucinógena sempre negada por John. Já “Hey Jude”, escrita por Paul, nasceu de uma visita de McCartney a Cynthia e Julian logo após Lennon se separar de sua primeira esposa. Na volta para casa, Paul, tocado pela situação, compôs a melodia e parte da letra em seu carro, como uma canção de conforto e carinho para Julian. Inicialmente a música se chamaria “Hey Jules”, mas foi alterada por Paul. Julian só descobriu que “Hey Jude” havia sido composta para ele mais de vinte anos depois. Já John imaginou que a canção havia sido escrita para ele, como uma mensagem de McCartney. “Good Night”, presente no duplo "White Album", foi escrita por John como uma canção de ninar para Julian, então com apenas 5 anos. O primogênito de Lennon tem uma carreira musical que, mesmo não chegando perto da do pai, possui inúmeros admiradores. Julian já gravou seis discos - "Valotte" (1984), "The Secret Value of Daydreaming" (1986), "Mr. Jordan" (1989), "Help Yourself" (1991), "Photograph Smile" (1998) e "Everything Changes" (2011) -, e durante a década de 1980 alcançou grande sucesso comercial com suas canções. Desde 2009, se dedica a uma instituição de caridade, a White Feather Foundation.
Resultado de imagem para zak starkey RINGO STARR
Zak Starkey - Provavelmente o mais bem sucedido musicalmente dos rebentos dos Beatles, Zak Richard Starkey nasceu em 13 de setembro de 1965 e o primeiro filho de Ringo com sua primeira esposa, Maureen. Começou a se interessar por música aos 8 anos, e aos 10 entrou pra valer na bateria. Keith Moon, o finado baterista do The Who, é seu padrinho. Iniciou a carreira musical em uma nova versão do Spencer Davis Group montada durante a década de 1980. Trabalhou com John Entwistle no álbum "The Rock", lançado pela baixista do Who em 1996. Particiou da Ringo Starr & His All-Starr Band entre 1992 e 1995, saindo em 1996 para ocupar o lugar que um dia foi de seu padrinho na bateria do The Who, posto que ocupa até hoje.Resultado de imagem para zak starkey
Trabalhou também do Johnny Marr entre 2000 e 2003 e fez parte do Oasis de 2004 a 2008. Músico de estúdio experiente, tocou em diversos álbuns de nomes como ASAP (do guitarrista do Iron Maiden, Adrian Smith), Tony Martin e inúmeros outros.
Sean Ono - Sean Taro Ono Lennon nasceu em 9 de outubro de 1975, data do aniversário de 35 anos de Lennon. É o único filho da relação entre John e Yoko. Elton John é seu padrinho. Conviveu apenas 5 anos com o pai, período em que John se afastou da música e tentou ser apenas um pai de família. O álbum "Double Fantasy", lançado em 17 de novembro de 1980, marcou o fim do isolamento do Beatle durante o período, mas ele acabaria assassinado vinte dias depois, em 8 de dezembro.Imagem relacionada
A cara do pai, Sean estreou na música em 1981, no disco "Season of Glass", de Yoko. Colaborou constantemente nos álbuns da mãe até a adolescência. Aos 16 anos, co-escreveu com Lenny Kravitz a faixa “All I Ever Wanted”, presente em "Mama Said", segundo LP de Kravitz. Lançou dois discos com a banda Cibo Matto - "Super Relax" (1997) e "Stereo * Type A" (1999) - e três álbuns solo - "Into the Sun" (1998), "Half Morse, Half Musician" (1999) e "Friendly Fire" (2006). Além disso, colaborou com Albert Hammond Jr, guitarrista dos Strokes, em "Yours to Keep" (2006) e "Como te Llama?" (2008). Seu trabalho mais recente é o álbum Midnight Sun, de 2014.
Resultado de imagem para JAMES MCCARTNEY
James McCartney - Terceiro filho de Paul e Linda McCartney, James Louis McCartney nasceu em 12 de setembro de 1977. Assim como o pai, também é músico. Viveu os seus primeiros anos acompanhando os pais nas turnês dos Wings. Após assistir a performance de Michael J. Fox tocando guitarra no filme "De Volta Para o Futuro", decidiu que queria ser guitarrista. Ao completar 9 anos de idade ganhou de presente do pai uma Fender Stratocaster que havia sido anteriormente de Carl Perkins, lenda do rockabilly. James tocou na faixa “Heaven on a Sunday”, presente no álbum "Flaming Pie" (1997), e co-escreveu com Paul duas faixas de "Driving Rain" (2001), “Spinning on an Axis” e “Back in the Sunshine Again”. Sua guitarratambém pode ser ouvida em "Wide Prairie", álbum póstumo de Linda lançado em 1998. Lançou dois EPs - "Available Light" (2010) e "Close At Hand" (2011). Seu primeiro disco solo, "Me", saiu em 2013 e o segundo em 2016, The Blackberry Train.
Resultado de imagem para DHANI HARRISON
Dhani Harrison - Filho de George e Olivia, nasceu em 1 de agosto de 1978. Fisicamente idêntico ao pai, também seguiu os seus passos como músico. Sua estreia foi em "Brainwashed", último (e póstumo) disco de Harrison. Dhani cresceu ao lado dos pais na propriedade da família em Friar Park. Aos 6 anos receberia aulas de bateria de Ringo, mas assustou-se com o som alto do instrumento, começou a chorar e retirou-se do local, nunca mais chegando perto de um kit. Participou do "Concert for George", em memória ao pai. Colaborou com Jakob Dylan e Sean Lennon em uma versão de “Gimme Some Truth” para o tributo "Instant Karma: The Amnesty International Campaign to Save Darfur". É o autor também de duas canções nunca lançadas do Traveling Wilburys. Em 2006 formou a banda thenewno2, com quem gravou dois EPs - "EP001" (2006) e "EP002" (2011) -, além de um par de álbuns - "You Are Here" (2008) e "thefearofmissingout" (2012). Atualmente faz parte do Fistful of Mercy, projeto que montou ao lado de Ben Harper e Joseph Arthur e que lançou a sua estreia, "As I Call You Down", em 2010. Atualmente está fazendo a divulgação do lançamento de seu primeiro álbum solo - IN///PARALLEL  previsto para outubro. Por Ricardo Seelig, Fonte: Collectors Room

2 comentários:

Joelma disse...

Everythings chance é um álbum excelente. O trabalho de Julian atualmente está muito focado na preservação da natureza. Pra mim ele é o mais bem sucedido dos filhos dos Beatles. Claro que nenhum pode ser comparado com os pais.

Benilson Silva disse...

Acho que se eles se juntassem para uma turnê, ganhariam uns trocados. Eu asdistiria a uma apresentação dos "Filhos dos Bestles".