segunda-feira, 5 de junho de 2017

THE BEATLES - RINGO STARR - DON'T PASS ME BY

"Don't Pass Me By" foi a primeira música completa de Ringo para os Beatles. Até então, suas únicas participações nas composições da banda tinham sido os títulos de "A Hard Day's Night" e "Tomorrow Never Knows", além de alguma contribuição musical em "Flying" e "What Goes On". Quando perguntaram em dezembro de 1967 se ele tinha aspirações como compositor, Ringo respondeu: "Eu tento. Tenho um violão e um piano e toco alguns acordes, mas são só 'chinga-lingas'. Para mim, nenhuma melodia boa sai dali". A verdade era que ele estava tentando fazer os Beatles gravarem "Don't Pass Me By" havia anos. Durante uma entrevista de rádio na Nova Zelândia durante a turnê de junho de 1964 pela Austrália, era possível ouvir Ringo pedindo aos demais: "Cantem a música que eu escrevi, só para fazer propaganda". Em resposta ao pedido, Paul disse no programa: "Ringo escreveu uma música chamada 'Don't Pass Me By'. Uma melodia linda. É a primeira vez que ele se aventura em uma composição". Depois que Paul e John cantaram uma estrofe, alguém perguntou ao baterista mais sobre a música: "Foi escrita como um country, mas ouvir Paul e John cantarem com esse quê de blues mexeu comigo. Se os Beatles vão gravá-la? Eu não sei. Acho que não, na verdade. Eu fico tentando empurrá-la para eles toda vez que vamos gravar". Ela continuaria fora dos sets dos álbuns do grupo por mais cinco anos. "Infelizmente nunca há tempo suficiente para encaixar a música de Ringo em um álbum", Paul explicou em 1964. "Ele nunca a terminou."
A música foi gravada em quatro sessões separadas em 1968: 5 e 6 de junho, e 5 e 12 de julho.  Foi chamade de "Ringo's Tune (Untitled)" no rótulo da fita da sessão de 5 de junho e "This is Some Friendly" no rótulo de 6 de junho. Em 12 de julho, foi nomeada “Don’t Pass Me By”. George Martin organizou um interlúdio orquestral como uma introdução, mas isso foi rejeitado. Eventualmente, seria usado como uma sugestão incidental para o filme Yellow Submarine. Em 1996, a introdução foi lançada como a faixa "A Beginning" no Anthology 3Ringo, além dos vocais, toca bateriapianosinos de trenócowbellmaracas e congas; Paul McCartney toca piano de caudabaixo; e Jack Fallon toca violino.

E para começar logo a semana pegando fogo, a gente fica agora com a versão incendiária e rock and roll de "The Georgia Sattelites" ao vivo no Roskilde festivalen em 1988.
Boa semana, PLANETA BEATLES!

4 comentários:

Benilson Silva disse...

Um dos poucos batera na história da música considerado completo, isto por, compor, tocar e cantar. Theo Beatles passou alguns anos, até encontra-lo.

Marcio Pereira disse...

Com dois compositores do peso de Lennon e McCartney era muito difícil pro Ringo emplacar uma música. Mas conseguiu.

Valdir Junior disse...

Cara... Que legal essa versaão dos The Georgia Sattelites!!! Rooooooockkkkk!!
Mas a original ainda é a melhor.

Júlio disse...

E eu nem sabia que essa música foi composta a tanto tempo.