segunda-feira, 12 de dezembro de 2016

GEORGE HARRISON - EXTRA TEXTURE - 1975


Extra Texture (Read All About It) é um álbum de George Harrison, lançado em setembro de 1975. Extra Texture foi o último álbum de Harrison pelo seu contrato com a Apple Records (e também o último álbum de estúdio da Apple) e EMI,  pronto para embarcar em seu próprio selo, a Dark Horse Records. Inicialmente, o álbum foi distribuído pela A & M Records.

Uma vez que Harrison se permitiu um tempo necessário para descansar após os acontecimentos de 1974 e ocupou-se com outros projetos da Dark Horse, ele finalmente começou a gravar o seu álbum que era uma obrigação de contrato - a maior parte foi cortado na A & M Studios em Los Angeles, no verão de 1975. Entre os músicos que ele usou para gravar o Extra Texture (Read All About It) estavam Jim Keltner na bateria, Leon Russell no piano, e um jovem David Foster - então contratado da Dark Horse Records, com uma banda chamada Atitudes - que forneceu três arranjos de cordas e teclados. Os diferentes baixistas aparecem em quase todas as faixas, e incluem Klaus Voormann, Carl Radle, Paul Stallworth, Willie Weeks, e Harrison tocando baixo sintetizado.

Especialmente para o álbum, Harrison completou "You", uma canção que ele tinha a intenção de que Ronnie Spector gravasse, e que não foi além do que uma música sem vocais em 1971. Posteriormente, tornou-se um hit no Top 20 nos Estados Unidos, e alcançou # 38 no Reino Unido. "This Guitar (Can't Keep From Crying)"- uma continuação lírica de "While My Guitar Gently Weeps" - foi o último lançamento da Apple Records até que a gravadora fosse revivida na década de 1990, e também os Beatles. Como primeiro single "Ooh Baby (You Know That I Love You)" foi a primeira homenagen a Smokey Robinson.

Lançado com uma capa laranja de espessura e textura áspera (daí o título), Extra Texture (Read All About It) foi melhor recebido do que o álbum Dark Horse pela crítica, embora ainda considerado um pouco abaixo do gosto do público em geral. Harrison viria a designar o álbum como seu pior. Pudera. O álbum alcançou a posição # 8 nos Estados Unidos - o seu último álbum Top 10 lá por 12 anos - e foi ouro, alcançando # 16 no Reino Unido. 

Em um dos lados do encarte, aparece uma foto de George em tons de azul, e sobre ele a palavra "OHNOTHIMAGEN". Isso nada mais é que o próprio George brincando com ele mesmo: "Oh, not him again" - "Oh, não ele de novo!"

2 comentários:

Valdir Junior disse...

Mesmo sendo feito para cumprir um contrato. é um belo disco, cheio de boas canções e arranjos certeiros. Merece ser ouvido com calma e muitas vezes, para perceber isso.

João Carlos disse...

Tem uns belos momentos, mas é mesmo irregular.